A introdução dos sistema de afinação das peles nos adufes é uma inovação dos Rui Silva – Adufes.

A tensão da pele é fundamental para a performance: na execução de uma técnica, na articulação e clareza, na altura do som pretendida, no sustain, no contexto musical, etc.

Até aqui os músicos estavam sujeitos a factores ambientais: com calor excessivo, a pele fica demasiado tensa e só é preciso juntar água, no entanto, com muita humidade no ar a pele fica frouxa e produz um som tipo caixa de cartão. Sem sistema de afinação, é necessário recorrer a uma fonte de calor para secar a pele, o que não é nada prático.

Inovação e revolução na performance

Como podem ver no vídeo aqui ao lado, com uma chave, o músico decide em qualquer momento qual a tensão que pretende, podendo mudar, inclusivamente, a altura do som consoante a peça que está a tocar durante a performance.

ATENÇÃO

O sistema de afinação deve estar sempre desapertado, usando-se apenas quando é necessário tocar e subir a tensão das peles. No fim da performance deve ser desapertado.

Como qualquer instrumento, há um limite de tensão. Ou seja, se pensarmos num violino, se continuarmos a esticar uma corda já esticada ao máximo, acabamos por danificar o instrumento.