Adufe moderno?

Adufe moderno é o conceito que utilizo para designar a exploração sonora, técnica, rítmica e musical do adufe, partindo da Tradição, do passado histórico comum e da familiariedade com outros frame drums do Mediterrâneo e de todo o globo.

Esta evolução da linguagem é sustentada num instrumento inovador e fiável, que não perde as características tradicionais e abre um janela de possibilidades séc. XXI adentro.

 

Exploração de novas técnicas e linguagens

Explorar o adufe como instrumento de percussão, partindo das técnicas, ritmos, linguagem, métodos de aprendizagem e ensino de outros frame drums, numa perspectiva inovadora que olha para o adufe como frame drum, parte de uma família global: do Irão, ao Japão, dos Estados Unidos a Israel ou Índia.

A presença em festivais de frame drums e a troca de conhecimentos e experiências com outros frame drummers das diferentes culturas e nacionalidades traduz-se num intercâmbio de experiências fundamental compreender o adufe, a sua técnica, a sua Tradição e experimentar novas possibilidades séc. XXI adentro.

Adufe na Música Antiga

Nos últimos 7 anos tenho utilizado o adufe em vários projectos de música antiga, tendo sido esse o tema da tese de mestrado que fiz.

É uma linha de investigação a explorar, veja-se por exemplo a iconografia existente nas igrejas do norte da Península Ibérica, onde o pandeiro quadrado faz parte das representações de grupos de músicos.

Com as Sete Lágrimas em Praga, ao minuto 3min25s.

Ensaio de Touli Ensemble.

Adufe na música tradicional portuguesa reinterpretada

O sistema de afinação traz fiabilidade que até agora não existia e o percussionista e o grupo podem realmente tirar partido do som de um adufe. Este é ideal para grupos que relêm a música tradicional.

Com Cardo-Roxo 5min25s – link para RPT play – concerto ao vivo no Festival Antena 2, 2017.

 

 

Adufe e voz

A mesma instrumentação, o mesmo reportório, o mesmo ambiente… improvisação com Mila Dores, cantora de jazz. Encontro proporcionado pel´A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria de Tiago Pereira.